No Adar Play dessa semana, conheçam Kiesza, novo nome do Dance pop noventista!

Adar Play – Kiesza e seu dance com cara de 90’s

  Kiesza é canadense, ex-bailarina profissional e já serviu a marinha.   A canadense resolveu se dedicar à música e seu primeiro single “Hideaway” caiu no gosto dos britânicos, virando sucesso instantâneo, com direito a primeiro lugar nas paradas londrinas. O som da moça tem gostinho de anos 90, dançante e  contagiante, perfeito pra pista….

Do Clássico ao contemporâneo – Alfaiataria para as meninas

Coco Chanel transgrediu as muitas regras da vestimenta inserindo a alfaiataria (antes exclusivamente masculina) no universo feminino. A II guerra modificou o mercado de trabalho mundial, uma vez que mulheres tiveram que assumir o papel de líderes familiares, enquanto os homens estavam nos campos de batalha Nos anos 80, essa “masculinização” do visual feminino aconteceu…

Dirty Pop – A Opulência Caótica do novo Pop

Rostinhos virginais e inocentes como os de Britney Spears, Spice Girls e afins, eram a cara do Pop no final da década de 90. Essa “perfeição” visual era vendida através de músicas compostas por letras igualmente inocentes em clipes e idealizava a imagem de “menina de família”, virgem, honesta e levemente “spicy” (com um pequeno,…

FOLK – Herança Musical Cultural na Moda Masculina

Violão, gaita, rock e muito Bob Dylan formaram uma espécie de movimento musical, lá em meados de 1960, de teor folclórico, quase rural, carregando uma certa rusticidade, com letras de peso político. O Folk engloba questões de heranças culturais, provenientes principalmente da música, e as mistura a um olhar bucólico para a natureza, revelando uma…

Adar Inspira Karin Feller – Casa de Criadores

E na quarta, dia 04/06, rolou o desfile de Verão 2015 da nossa parceira Karin Feller. Nossa equipe esteve presente e conferiu o trabalho da estilista. Como dito no post anterior (Adar Inspira Karin Feller – Salão +B), Karin se inspirou no universo em torno do Mercadão Municipal de São Paulo e trouxe para sua…

Bye bye, Minimalismo?!

Existem designers que nunca deixaram o maximalismo morrer. Outros se entregaram à limpeza estética e prática do minimalismo. Enquanto uns são rebuscados e “exagerados”, outros ainda acreditam que a máxima “Menos é mais!” vai perdurar por muito tempo.É fato indiscutível que o minimalismo, antes vanguardista (óbvio), é de fácil entendimento e por isso tornou-se comercialmente…