Do Clássico ao contemporâneo – Alfaiataria para as meninas

Coco Chanel transgrediu as muitas regras da vestimenta inserindo a alfaiataria (antes exclusivamente masculina) no universo feminino.
A II guerra modificou o mercado de trabalho mundial, uma vez que mulheres tiveram que assumir o papel de líderes familiares, enquanto os homens estavam nos campos de batalha
Nos anos 80, essa “masculinização” do visual feminino aconteceu com força, trazendo à tona questões sociais que mostravam o crescimento do poder dessas mulheres no mercado de trabalho.

Coco Chanel, II Guerra e anos 1980 foram determinantes para mudanças pontuais na moda feminina!

Coco Chanel, II Guerra e anos 1980 (com Giorgio Armani) foram determinantes para mudanças pontuais na moda feminina!

 

No Inverno 2015, a alfaiataria mais uma vez ganhou força e apareceu em diversas passarelas de marcas femininas, podendo ser aplicada em linguagens diferentes, mas sempre se mantendo como foco principal.
Para as mulheres mais ousadas, a contemporaneidade das assimetrias e o jogo das proporções foram os pontos fortes!

Minimalismo, jogo de proporções e assimetria são pontos fortes da alfaiataria contemporânea!

Assimetria, bases acetinadas e novos volumes são as propostas para a alfaiataria contemporânea.

No mix de produtos, Poly Fleece Stretch permite construções de casacos amplos ou slim.  A Tricoline Stretch Figi, com elastano e poliamida na composição, traz uma cartela de cores abrangente para construção de camisaria. Malha Linen Stretch ressalta a importância do linho como fibra chave da temporada. Para Blazers, casacos e calças, a Alfaiataria Casual Look inova por sua superfície acetinada.

No mix de produtos, Bengalin PU Washed permite construções de blazers, casacos, calças e vestidos, que pedem um caimento mais sóbrio. A Tricoline Stretch Figi, com elastano e poliamida na composição, traz uma cartela de cores abrangente para construção de camisaria. Malha Linen Stretch ressalta a importância do linho como fibra chave da temporada. Para Blazers, casacos e calças, a Alfaiataria Casual Look inova por sua superfície acetinada.

 

As meninas de pegada street, também incluíram a alfaiataria no seu dia a dia, mesclando às referências esportivas e da cultura de rua e da música!

A cultura de rua influencia diretamente as meninas mais urbanas, que mixam a alfaiataria de maneira inusitada com peças de referências esportivas e do universo da música.

Transgressoras, as meninas urbanas mixam a alfaiataria com seu repertório de cultura de rua, ousando na mistura de cores e texturas.

Os tweeds se tornam bases chave para o Inverno 2015. Tweed Pixel (de superfície brilhante) e Tweed Textile, são responsáveis por pontuar a importância das texturas e podem ser usados para construir casacos e até calças. O Poly Crepe inova na cartela de cores e funciona para blazers, tops e bottoms que pedem desestrutura. Por fim, a Malha Poly Flamê completa o mix das meninas urbanas, conferindo uma transparência velada para T-Shirts ou Vestidos de shape oversized.

Os tweeds se tornam bases chave para o Inverno 2015. Tweed Pixel (de superfície brilhante) e Tweed Textile, são responsáveis por pontuar a importância das texturas e podem ser usados para construir casacos e até calças. O Poly Crepe inova na cartela de cores e funciona para blazers, tops e bottoms que pedem desestrutura. Por fim, a Malha Poly Flamê completa o mix das meninas urbanas, conferindo uma transparência velada para T-Shirts ou Vestidos de shape oversized.

 

Os looks casuais vão para as mais despojadas, que misturam alfaiataria clássica às peças práticas, como o calças denim, jaquetas de couro e t-shirts basiconas.

Meninas casuais tem uma cartela de cores mais neutra, com cinzas, brancos, pretos e denins. Os shapes são mais clássicos e a novidade fica por conta de casacos de recortes inusitados.

Meninas casuais tem uma cartela de cores mais neutra, com cinzas, brancos, pretos e denins. Os shapes são mais clássicos e a novidade fica por conta de casacos de recortes inusitados.

Para os casacos que pedem texturas, a Alfaiataria Munique Stretch sugere uma cartela sóbria e peso ideal. Já o Denim Print Cotton confere conforto para camisaria com motivos geométricos ou divertidos. O Poly Fleece é perfeito para Casacos mais estruturados de cartela de cores mais abrangente e o Denim Lurex ressalta os brilhos de superfície para os bottoms.

Para os casacos que pedem texturas, a Alfaiataria Munique Stretch sugere uma cartela sóbria e peso ideal. Já o Denim Print Cotton confere conforto para camisaria com motivos geométricos ou divertidos. O Poly Fleece é perfeito para Casacos mais estruturados de cartela de cores mais abrangente e o Denim Lurex ressalta os brilhos de superfície para os bottoms.

 

Finalmente, para as clássicas, as novidades ficam por conta das bases acetinadas, texturas de tweed e novas propostas de shapes.

Shapes clássicos em bases acetinadas, com cartela de cores sóbria são apostas da alfaiataria clássica para as meninas. A fluidez dos tecidos é importante e os shapes, mais amplos, mostram que os bottoms não precisam ser slim fit.

Shapes clássicos em bases acetinadas, com cartela de cores sóbria são apostas da alfaiataria clássica para as meninas. A fluidez dos tecidos é importante e os shapes, mais amplos, mostram que os bottoms não precisam ser slim fit.

Alfaiataria Marni confere a estrutura necessária para peças de alfaiataria, enquanto Alfaiataria PV Manhattan é responsável pela textura sutil. Na camisaria, Tricoline Fio Tinto com Elastano Donna, de desenhos clássicos e cores mais sóbrias, traz o conforto necessário.

Alfaiataria Marni confere a estrutura necessária para peças de alfaiataria, enquanto Alfaiataria PV Manhattan é responsável pela textura sutil. Na camisaria, Tricoline Fio Tinto com Elastano Donna, de desenhos clássicos e cores mais sóbrias, traz o conforto necessário.

Enjoy!!
🙂